OS PRIMEIROS PASSOS DE UMA REFORMA

100 ANOS DE BAUHAUS
23 de maio de 2019
PERGOLADO COM VIDRO OU POLICARBONATO?
13 de junho de 2019

OS PRIMEIROS PASSOS DE UMA REFORMA

Arq. Ariela De Pieri Moreira

 Decidiu reformar a casa ou apartamento, mas não sabe por onde começar? Conheça quais são os primeiros passos para iniciar a sua reforma.

1. Quais serão as mudanças?

O primeiro passo é definir, juntamente com a sua família, quais a s mudanças que vocês visam ser necessárias, o que gostariam de melhorar no espaço de vocês e o que mais lhe incomodam. Com estes pontos definidos fica muito mais fácil iniciar sua conversa com os profissionais.

2. Contrate um Profissional com experiência em obras de reformas

Com as mudanças previamente definidas entre em contato com um profissional de Arquitetura e explique a ele (a) suas necessidades e ideias. É interessante marcar uma visita no local com este profissional, assim ele (a) consegue ter a real noção da situação e pode lhe direcionar para a melhor solução. É importante também você questionar a experiência deste profissional com reformas, afinal, lidar com esta tipologia de obra requer experiência para prever soluções rápidas e antecipadas.

3. Projeto

Ao longo da minha trajetória, encontrei diversas pessoas que se frustraram com o resultado de suas reformas pois não deram a devida atenção à uma etapa importante: O Projeto.

Ao contratar um arquiteto (a) para sua reforma não queira partir imediatamente para a execução da obra. O primeiro passo é planejar, projetar, documentar e orçar todo o processo. Sabemos que a ansiedade é sempre grande, mas tenha certeza que obedecer estas etapas fazem você terminar uma reforma mais tranquilo e sem dor de cabeça.

4. Orçamentos e Prazos

Com o projeto aprovado e detalhado podemos partir para a etapa de orçamento e alinhamento de prazos com os fornecedores. Nesta etapa você já definiu o material de acabamento que deseja e todos os detalhes necessários para a funcionalidade da sua obra. Aqui você consegue ter algo mais palpável e planejar como irá ser o seu fluxo de caixa.

5. Levantamento de Informações e Autorizações

Orçamentos e prazos alinhados? Agora é hora de levantar todos os documentos que autorizam o início da sua obra.

– Registro de Responsabilidade Técnica – Entregue pelo Arquiteto;

– No caso dos condomínios, qualquer alteração em apartamentos deve ser comunicada e aprovada pelo síndico do prédio, constando a planta com as mudanças, os materiais previstos e o tempo estimado da obra. Além disso, a obra deve respeitar as regras para horários, limpeza das áreas comuns e despejo de entulho.

– É recomendável, inclusive, conversar com os vizinhos antes de qualquer obra começar.

– Forneça ao Profissional de Arquitetura todas as plantas técnicas e documentos existentes do seu imóvel. Estes documentos auxiliam no melhor desenvolvimento do seu projeto.

6. Tenha paciência

Saiba o quanto está disposto a fazer uma reforma para ela não prejudicar o seu dia-a-dia, relação com a sua família ou rendimento no trabalho. Analise a possibilidade de se mudar temporariamente do local. Caso isto não seja possível, guarde seus objetos, móveis onde será realizada a reforma e saiba, você deverá saber conviver por um tempo com barulho e poeira.

Não adianta ter pressa para acabar logo. Um trabalho bem feito, com todos os detalhes necessários, resultará em um projeto e acabamento de obra incrível. Assim que toda a quebradeira acabar, a sensação de casa nova vai fazer tudo ter valido a pena.

 


Ariela De Pieri Moreira